Citação de

O Mundo é a Nossa Representação

O mundo √© a nossa representa√ß√£o. (…) H√° alguma coisa para al√©m da representa√ß√£o? √Č a consci√™ncia uma janela fiel dando para a realidade, ou, antes, um sistema de lentes embaciadas e riscadas pela hist√≥ria, que filtram s√≥ imagens falsas e sombras incertas da verdade? E h√° deveras qualquer coisa por tr√°s do conhecimento, ou apenas o nada, como por tr√°s da vida? Seria talvez apenas espelho de si mesmo, casca sem tronco e roupagem sobre o v√°cuo?
(…) O mundo √© representa√ß√£o, sim, mas eu n√£o sei doutras representa√ß√Ķes afora as minhas. As dos outros ignoro-as, ignoro a ess√™ncia dos fen√≥menos inanimados. As mentes alheias existem apenas como hip√≥tese da minha. O mundo √© pois a minha representa√ß√£o – o mundo √© a minha alma; – o mundo sou eu!
(…) O mundo inteiro era apenas uma parte do meu eu: de mim, dos meus sentidos, da minha mente dependia a sua exist√™ncia. Ao sabor das minhas voli√ß√Ķes as coisas apareciam ou desapareciam. Atentando, ressurgiam; abandonando-as, desfaziam-se de novo. Se eu fechava os olhos, todas as cores morriam; se tapava os ouvidos, nenhum som, ru√≠do ou harmonia rompia o sil√™ncio do espa√ßo. E, √ļltima consequ√™ncia: quando eu morresse o mundo inteiro seria aniquilado.