Citação de

Descobrir os VĂ­cios dos Outros

Eis agora um bom mĂ©todo para descobrir os vĂ­cios de uma pessoa. Começa por conduzir a conversa para os vĂ­cios mais correntes, depois aborda mais em particular os que pensas que possam afligir o teu interlocutor. Fica a saber que se mostrarĂĄ extremamente duro na reprovação e denĂșncia do vĂ­cio de que ele prĂłprio padece. Assim se vĂȘem muitas vezes pregadores fustigar com a maior veemĂȘncia os vĂ­cios que os aviltam.
Para desmascarar um falso, consulta-o acerca de um determinado assunto. Depois, passados alguns dias, volta a falar-lhe nesse mesmo assunto. Se, da primeira vez, te quis induzir em erro, a opiniĂŁo que desta segunda vez te darĂĄ serĂĄ diferente: quer a Diniva ProvidĂȘncia que depressa esqueçamos as nossas prĂłprias mentiras.
Finge-te bem informado acerca de um caso de que, na realidade, não sabes grande coisa, na presença de pessoas das quais tenhas motivos para crer que estão perfeitamente ao corrente: verås que se trairão, ao corrigirem o que disseres.
Quando vires um homem afectado por um grande desgosto, aproveita a ocasião para o lisonjear e consolar. É muitas vezes nestas circunstñncias que deixará transparecer os seus pensamentos mais secretos e ocultos.
Leva as pessoas – mas sem que disso se apercebam – a contar-te a sua vida. A melhor maneira de consegui-lo Ă© fingir que lhes narras a tua. Dir-te-ĂŁo como conseguiram enganar os outros, o que constituirĂĄ um fĂ©rtil ensinamento para interpretar a sua actual conduta. Naturalmente, cuida, porĂ©m, de nada revelares da tua vida.