Frases sobre Carne

87 resultados
Frases de carne escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

A rutura dos la√ßos entre irm√£os √© uma ofensa √† humanidade. Muitos irm√£os zangam-se por pequenas coisas ou por causa de uma heran√ßa, e depois nunca mais se falam. √Č feio! A irmandade √© uma grande coisa, quando se pensa que irm√£os e irm√£s habitaram o ventre da mesma m√£e durante nove meses, v√™m da mesma carne.

Só há um templo no mundo e é o corpo humano. Nada é mais sagrado que esta forma sublime. Inclinar-se diante de um homem é fazer homenagem a esta revelação na carne. Toca-se o céu quando se toca um corpo humano.

O tr√°fico de seres humanos √© uma chaga no corpo da humanidade contempor√Ęnea, uma chaga na carne de Cristo. √Č um delito contra a humanidade. Queremos que as estrat√©gias e as compet√™ncias sejam acompanhadas e fortalecidas pela compaix√£o evang√©lica, pela proximidade aos homens e mulheres que s√£o v√≠timas deste crime.

Deus Pai cria por meio da Sua palavra, e o Seu Filho é a palavra feita carne. O amor nutre-se de palavras, como também a educação e a colaboração.

O cinema √© imaterial, o teatro √© material: os actores t√™m carne e osso, est√£o l√°, vivos, nos cen√°rios. Mas o cinema, n√£o ‚Äď √© um fantasma da realidade.

A ilusão desconhece o Pai. A carne desconhece Deus. Somente o filho conhece o Pai. O corpo carnal não é filho do Pai.

Se o vosso médico não acha bom que durmais, que useis vinho ou tal carne, não vos preocupeis: encontrar-vos-ei outro que não será da opinião dele.

Para uma m√£e, o projeto de criar um menino √© o projeto mais satisfat√≥rio que ela pode esperar. Ela pode assist√≠-lo, enquanto uma crian√ßa, brincar com os jogos que ela n√£o era autorizada a brincar; ela pode investir nele suas ideias, aspira√ß√Ķes, ambi√ß√Ķes, e valores ‚ÄĒ ou tudo o que tenha sobrado delas; ela pode assistir ao seu filho, que veio da sua carne e cuja vida foi sustentada pelo seu trabalho e devo√ß√£o, personific√°-la no mundo. Ent√£o, enquanto o projeto de criar um menino √© repleto de ambival√™ncia e leva inevitavelmente √† amargura, ele √© o √ļnico projeto que permite a uma mulher ser ‚ÄĒ ser atrav√©s do seu filho, viver por meio do seu filho.

Assistirmos ao sofrimento do nosso filho é estarmos em carne viva por dentro, é não termos pele, é um incêndio a arder no mundo inteiro, mesmo no mundo inteiro. E cada som do nosso filho a sofrer é silêncio em brasa, é a cabeça cheia de silêncio em brasa, o peito cheio, incandescente, o mundo inteiro em brasa.

O teatro é mais rico. Os actores estão lá, em carne e osso. No cinema, só está a personagem. O actor já não se encontra lá quando o filme é exibido. O cinema é complementar mas tem uma vantagem perdura no tempo. Se houvesse cinema no tempo áureo das tragédias gregas saberíamos como elas eram. Como não há, apenas calculamos como seriam.

Façamos juntos um momento de silêncio ao menos, no arco do nosso dia. Olhemos para o Senhor: Ele pode compreender-nos, porque passou por todas as coisas da vida e da carne.

A carne, sendo o ‚Äėeu ilus√≥rio‚Äô, n√£o pode viver sem explorar o pr√≥ximo. Somente o ‚ÄėEu verdadeiro‚Äô consegue viver sem tirar proveito dos outros.

Ego é o homem carnal; é a mente comandada pela carne. O ego é sempre a causa dos sofrimentos, seja qual for o rumo que ele tome. Quem tenta impor seu ego causa sofrimento a si próprio e aos outros.