Frases sobre Política

230 resultados
Frases de política escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Nós os portugueses temos de fazer duas coisas: 1. acordar e 2. aprender a sonhar com o que está ao nosso alcance. O mal da nossa classe política é só conhecer dois registos: a utopia megalómana e a banalidade mesquinha. O nosso sonho ou é o Quinto Império ou então chegar ao fim do mês e conseguir pagar a conta da luz.

N√£o falaremos de pol√≠tica nem de religi√£o; n√£o nos entender√≠amos. Sou pag√£ e anarquista, como n√£o poderia deixar de ser uma pantera que se preza…

Eu diria que a democracia, hoje, está mais normalizada. A democracia representativa só é democracia crescente quando procura implicar cada vez mais os cidadãos na acção política. E sabemos que a participação dos portugueses é muito pequena.

O grande mal dos economicistas √© que pensam que a economia, √© como a selec√ß√£o natural. Os animais mais fortes comem os mais fracos. Eu penso que, realmente, eles acham que quem √© inteligente ganha dinheiro e que os outros que n√£o ganham √© porque n√£o s√£o capazes e porque s√£o est√ļpidos, e ent√£o morrem. Eu n√£o penso assim. Pelo contr√°rio, n√£o h√° nenhuma selec√ß√£o natural em mat√©ria pol√≠tica.

A política de exploração, opressão e terror da ditadura é a política de protecção dos interesses monopolistas. Só eliminando o poder dos monopólios poderão as riquezas nacionais ser aproveitadas em benefício do povo e da nação, poderá ser dado um impulso ao desenvolvimento económico no quadro da liberdade e da democracia, poderá elevar-se o nível de vida das classes trabalhadoras e do povo em geral.

A pol√≠tica √© a condu√ß√£o dos neg√≥cios p√ļblicos para proveito dos particulares.

Eu sou contra todas as ditaduras e a favor da liberdade. Sem liberdade política nada se passa, só se entra, a prazo, em decadência. O grave é que pode haver recuos civilizacionais. No passado, como a história nos ensina, já houve muitos.

Em Portugal toda a gente queria acabar com a guerra. E acabou-se. Como agora toda a gente quer que o neo-liberalismo e os mercados a mandar nos Estados desapareçam. Porque a crise do euro não é só financeira e económica é também social, política, ética e ambiental. O neo-liberalismo, a ideologia que provocou a crise, contra as pessoas e em favor do dinheiro, está moribunda e não vai poder perdurar muito.

Se toda a política precisa de uma economia, a economia determina uma política; é isso que está a acontecer (com a globalização).

A arte n√£o pode ser pol√≠tica, nem sujei√ß√£o social, nem glosa duma ideia que faz √©poca; nem mesmo pode estar de qualquer forma aliada ao conceito ¬ęprogresso¬Ľ. √Č algo mais. √Č o pr√≥prio alento humano para l√° da morte de todas as quimeras, da fadiga de todas as perguntas sem solu√ß√£o.

A política é como o piano e a prostituição: é preciso começar de muito novo, caso contrário não se chega a nada.

Há cinco artes Рa Literatura, a Engenharia, a Política, a Figuração (que inclui o drama, a dança, etc.) e a Decoração. (A Decoração vai desde a arte de arrumar bem as coisas em cima de uma mesa até à pintura e à escultura.

A política é desses incêndios que se acendem na casa do outro e quem arde é a nossa casa.