Frases sobre Fim

423 resultados
Frases de fim escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Fé: fechar os olhos de uma vez por todas para si mesmo, a fim de não sofrer com o aspecto de sua incurável falsidade.

Nós os portugueses temos de fazer duas coisas: 1. acordar e 2. aprender a sonhar com o que está ao nosso alcance. O mal da nossa classe política é só conhecer dois registos: a utopia megalómana e a banalidade mesquinha. O nosso sonho ou é o Quinto Império ou então chegar ao fim do mês e conseguir pagar a conta da luz.

Sê alegre apenas depois de dares a volta à vida toda. E regressares então a uma flor, ao sol num muro, a um verme no chão. A profunda alegria não é a do começo mas a do fim.

Os que melhor digerem os seus pensamentos a fim de os tornarem claros e intelig√≠veis t√™m maior facilidade em persuadir daquilo que prop√Ķem, mesmo que s√≥ falem em mau bret√£o.

A finalidade da arte não é agradar. O prazer é aqui um meio; não é neste caso um fim. A finalidade da arte é elevar.

Para a maioria dos homens, a guerra é o fim da solidão. Para mim, é a solidão infinita.

O pa√≠s real quer coisas pr√°ticas, ver as quest√Ķes resolvidas com pragmatismo e efic√°cia. Quer o fim da total instabilidade que se verifica h√° uns anos na sociedade portuguesa.

Todos somos tocados pelas maravilhas do Deus feito menino na gruta de Belém, pelo espanto do Filho de Deus que por amor de nós Se torna Filho de Maria e Se faz pequeno e frágil. Estamos vigilantes e rezamos para que esta luz interior não se dilua e a fim de que possamos trazer para a nossa vida quotidiana, familiar e profissional, a alegria da fé, que se exprime na caridade, na benevolência, na ternura.

Podemos e devemos julgar situa√ß√Ķes de pecado – viol√™ncia, corrup√ß√£o, explora√ß√£o… -, mas n√£o podemos julgar as pessoas. A nossa tarefa √© admoestar quem erra, denunciando as maldades e as injusti√ßas de certos comportamentos, a fim de libertar as v√≠timas e levantar quem caiu.

Leopardos irrompem no templo e bebem até ao fim os jarros de sacrifício; isso repete-se sempre, sem interrupção; finalmente, pode-se contar de antemão com esse acto e ele transforma-se numa parte da cerimónia.

O c√Ęntico de Sime√£o √© o c√Ęntico do homem crente que, no fim dos seus dias, pode afirmar: √© verdade, a esperan√ßa em Deus nunca desilude. Ele n√£o engana. Sime√£o e Ana, na velhice, s√£o capazes de uma nova fecundidade e d√£o testemunho disso cantando.