Frases sobre Inf√Ęncia

91 resultados
Frases de inf√Ęncia escritos por poetas consagrados, fil√≥sofos e outros autores famosos. Conhe√ßa estes e outros temas em Poetris.

E a gente canta, a gente dan√ßa, a gente n√£o se cansa de ser crian√ßa; a gente brinca na nossa velha inf√Ęncia…

A minha inf√Ęncia de menina sozinha de-me duas coisas que parecem negativas, e, foram sempre positivas para mim:sil√™ncio e solid√£o.

Todos os jardins da nossa inf√Ęncia s√£o o jardim do para√≠so. A pele suave desses tempos em que se corria com as pernas arqueadas soltando uma esp√©cie de luz pela respira√ß√£o. R√≠amos a correr para os bra√ßos dos adultos numa entrega absoluta. Eles, os adultos, atiravam-nos ao ar e apanhavam-nos com m√£os √°speras, e, talvez por isso, quando crescemos nunca mais deixamos de, esporadicamente, sonhar que voamos. E de sonhar com gigantes e an√Ķes, pois eram essas as nossas propor√ß√Ķes.

Feliz, feliz Natal, a que faz que nos lembremos das ilus√Ķes de nossa inf√Ęncia, recorde-lhe ao av√ī as alegrias de sua juventude, e lhe transporte ao viajante a sua chamin√© e a seu doce lar!

Ela estava a aprender, j√° muito tarde, aquilo que muitas pessoas √† sua volta aparentavam j√° saber desde a inf√Ęncia ‚Äď que a vida pode ser perfeitamente satisfat√≥ria mesmo sem grandes conquistas.

√Āfrica vive numa situa√ß√£o quase √ļnica: as gera√ß√Ķes vivas s√£o contempor√Ęneas da constru√ß√£o dos alicerces das na√ß√Ķes. O que √© o mesmo que dizer os alicerces das suas pr√≥prias identidades. √Č como se tudo se passasse no presente, como se todas as na√ß√Ķes se entrecruzassem no mesmo texto. Cada na√ß√£o √© assunto de todos, uma inadi√°vel urg√™ncia a que ningu√©m se pode alhear. Todos s√£o c√ļmplices dessa inf√Ęncia, todos deixam marcas num retrato que est√° em gesta√ß√£o.

A inf√Ęncia n√£o se repete, nem na lembran√ßa, nem na imagina√ß√£o. Quando, muito, d√°-se outra inf√Ęncia. As cenas ing√©nuas, porque eram ing√©nuas, n√£o tinham consci√™ncia; e as humilha√ß√Ķes, de t√£o pungentes, n√£o h√° mem√≥ria que consinta na sua perfeita express√£o.

A gra√ßa √© o esplendor da beleza, √© a beleza em movimento e mo√ßa, √© o sorriso da inf√Ęncia, √© a bondade da for√ßa, √© o perfume do fruto saboroso, √© a eleg√Ęncia da palmeira que se curva, ondeando, √†s car√≠cias do vento; a gra√ßa √© a poesia da beleza.

Era sempre assim, quando eu voltava √† terra: as coisas come√ßavam por parecer pequenas, quase mirradas submetidas pelo meu olhar de Lisboa, e s√≥ depois iam crescendo, at√© recuperarem as formas grandiloquentes da inf√Ęncia. Era ent√£o que me considerava de volta a casa.

No homem cuja inf√Ęncia conheceu carinhos, h√° sempre um fundo de mem√≥ria que pode ser despertado para a ternura.

Nunca senti saudades da inf√Ęncia; nunca senti, em verdade, saudades de nada. Sou, por √≠ndole, e no sentido directo da palavra, futurista.

Vender seguros, e por muito que de in√≠cio me tenha entusiasmado a ideia de ter um emprego a s√©rio, uma vaga independ√™ncia financeira e uma determinada margem de progress√£o hier√°rquica, t√£o mais consider√°vel quanto me encontrava rodeado de retardados mentais, est√° muito longe de constituir, para mim, a concretiza√ß√£o de um sonho de inf√Ęncia.

O fato que todas n√≥s somos treinadas da inf√Ęncia em diante para sermos m√£es significa que n√≥s todas somos treinadas para devotar nossas vidas aos homens, quer eles sejam nossos filhos ou n√£o; que todas n√≥s somos treinadas a for√ßar outras mulheres a exemplificar a falta de qualidades que caracteriza a constru√ß√£o cultural da feminilidade.