Frases sobre Loucos

188 resultados
Frases de loucos escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Qual √© a sua estrada, homem? – a estrada do m√≠stico, a estrada do louco, a estrada do arco-√≠ris, a estrada dos peixes, qualquer estrada… H√° sempre uma estrada em qualquer lugar, para qualquer pessoa, em qualquer circunst√Ęncia. Como, onde, por qu√™?

As √ļnicas pessoas que me agradam s√£o as que est√£o loucas: loucas por viver, loucas por falar, loucas por salvarem-se.

O mundo √© conduzido por loucos e ambiciosos, que s√≥ t√™m em mira o √™xito e o lucro, est√£o-se nas tintas para as preocupa√ß√Ķes dos poetas, que s√£o, como toda a gente sabe, seres da utopia, essa utopia sem a qual n√£o h√° progresso.

Se um homem quiser ocupar-se incessantemente de coisas sérias e não se abandonar de vez em quando ao divertimento, fica, sem perceber, louco ou idiota.

Você tem que esquecer o que as pessoas dizem, quando você possivelmente estiver para morrer ou quando você estiver amando. Você tem que esquecer todas essas coisas. Você tem que ir em frente e ser louco. A loucura é como o céu.

Uma ferida antiga mede-se mais exatamente pela dor que provocou, e para sempre perdeu-se no momento em que cessou de doer, embora lateje louca nos dias de chuva. O que provavelmente deve ser muito sadio.

Apesar de tudo, a loucura não é assim uma coisa tão feia como muita gente julga. Há tantas loucas felizes!

Tenho amigos para saber quem eu sou, pois vendo-os loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão imbecil e estéril.

O inferno √© n√£o se amar mais. Enquanto estamos vivos, podemos nos iludir, acreditar que amamos por nossas pr√≥prias for√ßas, que amamos sem Deus. Mas nos assemelhamos aos loucos, que estendem os bra√ßos para o reflexo da lua na √°gua…

Só um louco pode desejar guerras. A guera destrói a própria lógica da existência humana.

Como posso querer que meus amigos entendam as coisas loucas que passam pela minha cabeça, se eu mesmo, não entendo?

Os criadores e os g√©nios, no in√≠cio da sua carreira, quase sempre, e muitas vezes at√© no fim, sempre foram considerados pela sociedade como uns parvos e uns loucos ‚ÄĒ √© esta uma das observa√ß√Ķes mais triviais e sabidas.