Frases sobre Normais

64 resultados
Frases de normais escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

A atual arquitetura cuida da casa, da casa normal e rotineira dos homens normais e rotineiros. Ela largou os palácios. Este é um sinal dos tempos.

√Č comum na vida normal que, quando estamos felizes e livres, construamos torres de marfim para nos refugiarmos, e onde inchamos de orgulho e presun√ß√£o, tratamos com indiferen√ßa, e mesmo desprezo, a generosidade e a afei√ß√£o dos amigos.

Não há um normal que não seja anormal; e nenhum anormal que não seja passível de ser um mestre.!

N√£o sou l√≠der. Sou um cidad√£o normal, que se v√™ como tal e que de vez em quando d√° umas opini√Ķes. Se s√£o erradas ou certas, os outros que digam. Eu digo apenas o que penso e posso, claro, enganar-me, como toda a gente.

Toda a pessoa normal se sente tentada, de vez em quando, a cuspir nas mãos, içar a bandeira negra e sair por aí cortando gargantas.

√Č coisa normal para o odioso praticar o √≥dio, assim como √© para o amoroso praticar o amor. No entanto, como um turbilh√£o o odioso causar√° estragos, mas passar√° fugaz; o amoroso, como t√™nue brisa ficar√°, construindo boas obras por longo e longo tempo!

Enquanto voc√™ se esfor√ßa pra ser um sujeito normal e fazer tudo igual… eu do meu lado aprendendo a ser louco, maluco total, na loucura real.

Os sonhos são como a tradução para uma língua de coisas intraduzíveis de outra; ou como a transposição para linguagem Рforçosamente confusa ou complicada Рde sentimentos vagos ou complexos, que a redacção normal não pode comportar.

Ser ‘normal’ √© o ideal dos que n√£o t√™m √™xito, de todos os que se encontram abaixo do n√≠vel geral de adapta√ß√£o.

A família humana não passa no fundo da nossa menor sociedade; e o conjunto normal da nossa espécie forma apenas, em sentido inverso, a família mais vasta.

O império supremo é o do Imperador que abdica de toda a vida normal, dos outros homens, em quem o cuidado da supremacia não pesa como um fardo de jóias.

Dia dai-me a sabedoria de Caetano nunca ler jornais a loucura de Glauber tem sempre uma cabe√ßa cortada a mais a f√ļria de D√©cio nunca fazer versinhos normais

Até que ponto é o artista um anormal, não sei nem quero saber. A anormalidade nunca me meteu medo, se é criadora. Agora até que ponto o homem normal combate o artista e o quer destruir, já me interessa. A normalidade causou-me sempre um grande pavor, exactamente porque é destruidora.