Frases sobre Quest√£o

188 resultados
Frases de questão escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

O homem que vê os dois lados de uma questão é um homem que não vê absolutamente nada.

Se fazes questão em reflectir sobre o enigma da vida e do universo, vê se te despachas depressa, que a espécie humana qualquer dia acaba.

Sim, a partir do momento em que se conhece o porquê, tudo se torna mais fácil, uma simples questão de magia.

N√£o √© uma quest√£o de se a guerra √© real ou n√£o √©. A vit√≥ria n√£o √© poss√≠vel. A guerra n√£o √© destinada para ser ganha. √Č destinada para ser cont√≠nua. Uma grande sociedade arcaica s√≥ √© poss√≠vel √†s custas da pobreza e da ignor√Ęncia.

√Č infrut√≠fero falar da contraposi√ß√£o entre raz√£o e a f√©. A raz√£o √© ela mesma uma quest√£o de f√©. √Č um ato de f√© asseverar que nossos pensamentos tem alguma rela√ß√£o com a realidade.

Pra quem tem pensamento forte, o impossível é só questão de opinião.

A √ļnica disciplina que a vida imp√Ķe, se formos capazes de a assumir, √© aceitar a vida sem a questionar.

Um homem e uma mulher s√£o a tal ponto a mesma coisa, que quase n√£o se entende a quantidade de distin√ß√Ķes e racioc√≠nios subtis dos quais a sociedade se nutre sobre esta quest√£o.

Dizem que quando o Criador criou o homem, os animais todos em volta não caíram na gargalhada apenas por uma questão de respeito.

O pa√≠s real quer coisas pr√°ticas, ver as quest√Ķes resolvidas com pragmatismo e efic√°cia. Quer o fim da total instabilidade que se verifica h√° uns anos na sociedade portuguesa.

Na sua forma mais elevada, o amor transforma a nossa natureza. Gera ternura e afeto. Substitui a raiva pela compaix√£o. Quando as pessoas procuram o meu conselho, o amor e os relacionamentos s√£o o principal tema das quest√Ķes que me colocam.

Que significa alargar o cora√ß√£o? Antes de mais, em reconhecermo-nos pecadores, n√£o olhar ao que fizeram os outros. E a quest√£o de fundo continua a ser esta: ¬ęQuem sou eu para julgar isto? Quem sou eu para falar sobre isto? Quem sou eu, que fiz o mesmo ou pior?¬Ľ

S√≥ confie numa testemunha quando ela fala de quest√Ķes em que n√£o se acham envolvidos nem o seu interesse pr√≥prio, nem as suas paix√Ķes, nem os seus preconceitos, nem o amor pelo maravilhoso. No caso de haver esse envolvimento, requeira evid√™ncia corroborativa em propor√ß√£o exata √† viola√ß√£o da probabilidade evocada pelo seu testemunho.

√Č importante recordar que as quest√Ķes pelas quais tantos se afadigam n√£o s√£o o ¬ętodo¬Ľ. S√≥ Deus √© ¬ęo todo¬Ľ, e √© a Ele que, no fim, cada um de n√≥s dever√° apresentar-se a prestar contas.

√Č um defeito particularmente portugu√™s querermos distinguir-nos do empreendimento onde trabalhamos e de que fazemos parte. Preferimos falar, distantemente, do ¬ęlugar¬Ľ ou ¬ęs√≠tio¬Ľ onde trabalhamos, como se fosse apenas uma quest√£o ut√≥pica de localiza√ß√£o.

A questão dinheiro não me prende duma maneira exagerada, se bem que me não desagradasse ganhar algum para satisfazer os meus dois vícios: flores e livros.