Frases sobre Som

48 resultados
Frases de som escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

O que o mundo chama de mérito e valor
são ídolos que têm apenas nome, mas nenhuma essência.
A fama que vos encanta, vós altivos mortais,
com um doce som, e que parece t√£o bela
é um eco, um sonho, melhor que um sonho, uma sombra,
que a cada sopro de vento se dispersa e desaparece.

O ideograma chinês não tenta ser a imagem de um som ou um signo escrito que relembre um som, mas é ainda o desenho de uma coisa.

Um romance é como um arco de violino, a caixa que produz os sons é a alma do leitor.

√Č ent√£o um mundo de f√≥rmulas a que eu obede√ßo e tu obedeces? Sem ele n√£o poder√≠amos existir. Se v√≠ssemos o que est√° por tr√°s n√£o pod√≠amos existir. O nosso mundo n√£o √© real: vivemos num mundo como eu o compreendo e o explico. N√£o temos outro. √Č a voz dos mortos insistente que teima e se nos imp√Ķe. Mais fundo: n√£o existem sen√£o sons repercutidos. Decerto n√£o passamos de ecos.

Às vezes eu me coloco numa situação de ver um pouco antes de ver mesmo. Eu pressinto o instante que se segue e cadencialmente minha respiração acompanha o ritmo do tempo. Eu que sinto antes de sentir. A harmonia é pressentir a próxima frase, o próximo som, a próxima visão.

Não se pode imaginar uma cor, fora das cores do espectro solar. Não se pode ouvir um som, fora da nossa escala auditiva. Não se pode pensar, fora das possibilidades da língua em que se pensa.

Quando a dor cortante o cora√ß√£o maltrata e tristes gemidos ferem nossa alma, apenas a m√ļsica e seus sons de prata, r√°pido nos trazem outra vez a calma!

Sento-me à porta e embebo meus olhos e ouvidos nas cores e nos sons da paisagem, e canto lento, para mim só, vagos cantos que componho enquanto espero. (Bernardo Soares)

Uma história triste agrada sempre. No seu sentido mais profundo, a vida é bela e alegre. Todos nós tivemos já a experiência disso milhares de vezes. Provas sobre provas de que não há primavera sem flores, nem outono sem frutos. Mas, apegados como estamos à aparência de tudo, esquecemos a voz do profundo, e ouvimos deliciados o som da superfície. Temos o vício da tristeza.

Assistirmos ao sofrimento do nosso filho é estarmos em carne viva por dentro, é não termos pele, é um incêndio a arder no mundo inteiro, mesmo no mundo inteiro. E cada som do nosso filho a sofrer é silêncio em brasa, é a cabeça cheia de silêncio em brasa, o peito cheio, incandescente, o mundo inteiro em brasa.

Eu já ultrapassei a barreira do som, fiz o que pude às vezes fora do tom, mas a semente que eu ajudei a plantar já nasceu.

Detesto, de saída, quem é capaz de marchar em formação com prazer ao som de uma banda. Nasceu com cérebro por engano; bastava-lhe a medula espinhal.

Respira o sabor de um beijo, o toque de um afago, o som de um arfar. Respira a m√£o de fogo de quem te ama, o suor em √™xtase de quem te chama. E o abra√ßo que n√£o passa, e as palavras que te embra√ßam, e os olhares que te apertam. Respira ‚Äď para saberes que vale a pena continuar.