Frases sobre Época

117 resultados
Frases de época escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

O Natal é um tempo em que, de todas as épocas do ano, a memória de todos os sofrimentos, erros e problemas no mundo à nossa volta, se tornem bem presentes, não menos do que as nossas próprias vivências, por todo o tempo.

Foram-se, há muito, os vinte anos, a época das análises, das complicadas dissecações interiores. Compreendi por fim que nada compreendi, que mesmo nada poderia ter compreendido de mim. Restam-me os outros… talvez por eles possa chegar às infinitas possibilidades do meu ser misterioso, intangível, secreto.

O que distingue uma época económica de outra, é menos o que se produziu do que a forma de o produzir.

Vivemos numa época onde nada é tão indispensável como as coisas supérfluas.

E que me restará… se me desprezar a mim mesmo? Fui ambicioso e não quero absolutamente censurar-me por isso; agi, então segundo as conveniências da época. Agora vivo o dia-a-dia. Mas à vista do mundo, eu me sentiria muito infeliz, se caísse em alguma covardia.

Em uma época de mudanças drásticas, são os que têm capacidade de aprender que herdam o futuro. Quanto aos que já aprenderam, estes descobrem-se equipados para viver em um mundo que não existe mais.

A política foi primeiro a arte de impedir as pessoas de se intrometerem naquilo que lhes diz respeito. Em época posterior, acrescentaram-lhe a arte de forçar as pessoas a decidir sobre o que não entendem.

Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da Humanidade.

A questão portuguesa não é de se falar ou não falar português. É de ser ou não ser à maneira portuguesa, que é ser variadíssimas coisas ao mesmo tempo, e por vezes coisas que parecem contraditórias, e é a possibilidade de tomar um tema e olhar de várias maneiras, conforme o temperamento da pessoa, a época em que viveram, a linguagem de que usavam, a maneira como se sentiam na vida.

A enorme multiplicação de livros, de todos os ramos do conhecimento, é um dos maiores males de nossa época.

A velhice, essa época em que se julga a vida e em que os prazeres do orgulho se revelam em toda a sua miséria (…).