Frases sobre Inocentes

63 resultados
Frases de inocentes escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

A justiça parece sempre violenta a quem a recebe, pois cada pessoa é, aos seus próprios olhos, inocente.

Levantei-me. O tiro de misericórdia. Porque estou cansada de me defender. Sou inocente. Até ingênua porque me entrego sem garantias.

Feliz é a inocente vestal; Esquecendo o mundo e sendo por ele esquecida. Brilho eterno de uma mente sem lembranças; Toda prece é ouvida, toda graça se alcança.

A inocência confere poder, mas a inocência é destruída, e é isso que estou a tentar devolver-vos para que possam ser novamente inocentes.

Com um sorriso sat√Ęnico em seu rosto, o jovem judaico de cabelos negros esconde-se na espera da garota inocente que ele suja com seu sangue, roubando-a assim de sua gente.

O efeito da morte sobre aqueles que continuam vivos é sempre estranho, e muitas vezes terrível, pela destruição de desejos inocentes.

A id√©ia mais natural para o homem, a que lhe surge ingenuamente, como no fundo da sua natureza, √© a id√©ia da sua inoc√™ncia. Sob esse aspecto, somos todos como aquele francesinho que, em Buchenwald, teimava em querer apresentar um reclama√ß√£o ao escriv√£o, prisoneiro como ele, que registrava sua chegada. Uma reclama√ß√£o? O escriv√£o e os seus colegas riam: ‚ÄėIn√ļtil, meu velho. Aqui, n√£o se reclama.‚Äô ‚ÄėMas, veja bem, meu senhor‚Äô, dizia o francesinho, ‚Äėo meu caso √© excepcional. Sou inocente!

Quão feliz é o destino de um inocente sem culpa. O mundo em esquecimento pelo mundo esquecido. Brilho eterno de uma mente sem lembranças. Cada orador aceito e cada desejo renunciado

Não é doloroso que da pele de um cordeiro inocente se faça um pergaminho? E que este pergaminho, mal escrito, deva arruinar um homem?

Se a justiça empregasse todo o seu rigor, em breve a terra seria um deserto. Onde se encontra quem não tenha, grave ou leve, uma culpa? Examinemos, e veremos que é raro encontrar um juiz inocente do erro que castiga.

A verdadeira pergunta é inocente e é por isso mais própria da criança. A resposta perdeu já a inocência e é assim mais própria do adulto.