Frases sobre Rios

108 resultados
Frases de rios escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Trata de saborear a vida; e fica sabendo, que a pior filosofia é a do choramingas que se deita à margem do rio para o fim de lastimar o curso incessante das águas. O ofício delas é não parar nunca; acomoda-te com a lei, e trata de aproveitá-la.

Escrevi nove livros que fizeram muitas pessoas me amar de longe. Mas ser cronista tem um mistério que não entendo: é que os cronistas, pelo menos os do Rio, são muito amados. E escrever a espécie de crónica aos sábados tem me trazido mais amor ainda.

A vida, para ele, era um rio comportado. A felicidade era o pren√ļncio da inunda√ß√£o.

Por que nos conhecemos? Por que o acaso o quis? Foi porque atrav√©s da dist√Ęncia, sem d√ļvida, como dois rios que correm a unir-se, nossas inclina√ß√Ķes particulares nos impeliram um para o outro.

Ninguém entra em um mesmo rio uma segunda vez, pois quando isso acontece já não se é o mesmo, assim como as águas que já serão outras.

Sou um homem que um dia, ao abrir a janela, descobriu esta coisa important√≠ssima: que a natureza existe. Verifiquei que as √°rvores, os rios, as pedras s√£o coisas que verdadeiramente existem. Nunca ningu√©m tinha pensado nisto. N√£o pretendo ser mais que o maior poeta do mundo. Fiz a maior descoberta que nenhum antes fez e ao p√© da qual todas as outras descobertas s√£o entretimentos de crian√ßas est√ļpidas. Dei pelo universo. Os gregos, com toda a sua nitidez visual, n√£o fizeram tanto.

Aquele que adia a hora de viver corretamente é como o camponês que espera o rio se esgotar antes que ele atravesse.

O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obst√°culos.

N√£o se sabia onde nascera, mas n√£o fora decerto em S√£o Paulo, nem no Rio Grande do Sul, nem no Par√°. Errava quem quisesse encontrar nele algum regionalismo; Quaresma era antes de tudo brasileiro.

N√£o podemos nos banhar duas vezes no mesmo rio porque as √°guas se renovam a cada instante.

Ninguém entra no mesmo rio uma segunda vez, pois quando isto acontece já não se é mais o mesmo. Assim como as águas que já serão outras.

Nao é a linha reta, dura e inflexível, feita pelo homem, que me atrai. O que me chama a atenção é a curva livre e sensual. A curva que encontro nas montanhas do meu país, nas margens dos seus rios, nas nuvens do céu e nas ondas do mar. O universo está cheio de curvas, um universo de Einstein.

Nunca acreditei na tradicional met√°fora que compara a vida com um rio que nos leva, antes me parece que se o tempo nos empurra o faz enquanto nos trespassa, nos desgasta, nos transforma de cima a baixo.