Frases sobre Êxtase

16 resultados
Frases de êxtase escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

S√≥ amando nos renovamos. O √™xtase √© a √ļnica linguagem comum a todo o infinito. √Č o alimento do ef√©mero e do eterno.
Através do amor o humano se diviniza e o divino se humaniza.

Me nego a viver em um mundo ordin√°rio como uma mulher ordin√°ria. A estabelecer rela√ß√Ķes ordin√°rias. Necessito o √™xtase. N√£o me adaptarei ao mundo. Me adapto a mim mesma.

Eu desprezo as propor√ß√Ķes, as medidas, o tempo do mundo comum. Recuso-me a viver no mundo comum como mulheres comuns. Para entrar rela√ß√Ķes normais, eu quero √™xtase.

Não se pode pensar quem está em êxtase como não se pode nadar quem está numa torrente.

Respira o sabor de um beijo, o toque de um afago, o som de um arfar. Respira a m√£o de fogo de quem te ama, o suor em √™xtase de quem te chama. E o abra√ßo que n√£o passa, e as palavras que te embra√ßam, e os olhares que te apertam. Respira ‚Äď para saberes que vale a pena continuar.

Às vezes sentava-se na rede, balançando-me com o livro aberto no colo, sem tocá-lo, em êxtase puríssimo. Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com seu amante.

A água se ensina pela sede; A terra, por oceanos navegados; O êxtase, pela aflição; A paz, pelos combates narrados; O amor, pela cinza da memória E, pela neve, os pássaros.

Só aqui o sofrimento é sofrimento. Não como se aqueles que aqui sofrem devam ascender a outro lugar em função desse sofrimento, mas no sentido de que aquilo que neste mundo se chama sofrimento, em outro mundo, inalterado e tão-somente libertado do seu oposto, é êxtase.

A maravilhosa riqueza da experi√™ncia humana perderia algo de alegria gratificante se n√£o existissem limita√ß√Ķes a serem superadas. A hora de √™xtase n√£o seria nem metade t√£o gratificante se n√£o existissem vales escuros para atravessar.

Os judocas confessam que experimentam certo êxtase no momento em que desmaiam por estrangulamento, mas que sofrem ao recobrarem os sentidos.

Meus √™xtases, meus sonhos, meus cansa√ßos… S√£o os teus bra√ßos dentro dos meus bra√ßos, Via L√°ctea fechando o Infinito.

As palavras são moedas. As palavras alienam. A linguagem não é um meio para o desejo. O desejo é o êxtase, não a troca.

Deitada em minha rede com o livro sobre meu colo em √™xtase pur√≠ssimo… n√£o sou mais aquela menina com seu livro, mas uma mulher com seu amante.