Frases sobre Procura

232 resultados
Frases de procura escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Procura a maravilha. Onde um beijo sabe a barcos e bruma. No brilho redondo e jovem dos joelhos. Na noite inclinada de melancolia. Procura. Procura a maravilha.

O poeta procura apenas a exaltação e a expansão, isto é, procura um mundo onde se possa distender. Pretende ele, simplesmente, enfiar a cabeça nos céus, ao passo que o lógico se esforça por enfiar os céus na cabeça. E é a cabeça que estala.

Mesmo que estejas doente, não deves manter remédios e aparelhos terapêuticos à cabeceira de tua cama. Na medida do possível, procura manter a aparência de quem não está doente, pois assim te curarás mais depressa. Contudo, não deves forçar-te a fazer coisas que teu estado não permite.

A solid√£o √© o fundo √ļltimo da condi√ß√£o humana. O homem √© o √ļnico ser que se sente s√≥ e que procura um outro.

Se algu√©m procura a sa√ļde, pergunta-lhe primeiro se est√° disposto a evitar no futuro as causas da doen√ßa; em caso contr√°rio, abst√©m-te de o ajudar.

Sem qualquer excep√ß√£o, homens e mulheres de todas as idades, de todas as culturas, de todos os graus de instru√ß√£o e de todos os n√≠veis econ√≥micos t√™m emo√ß√Ķes, est√£o atentos √†s emo√ß√Ķes dos outros, cultivam passatempos que manipulam as suas pr√≥prias emo√ß√Ķes, e governam as suas vidas, em grande parte, pela procura de uma emo√ß√£o, a felicidade, e pelo evitar das emo√ß√Ķes desagrad√°veis. √Ä primeira vista, n√£o existe nada de caracteristicamente humano nas emo√ß√Ķes, uma vez que √© bem claro que os animais tamb√©m t√™m emo√ß√Ķes. No entanto, h√° qualquer coisa de muito caracter√≠stico no modo como as emo√ß√Ķes est√£o ligadas √†s ideias, aos valores, aos princ√≠pios e aos ju√≠zos complexos que s√≥ os seres humanos podem ter , sendo nessa liga√ß√£o que reside a nossa ideia bem leg√≠tima de que a emo√ß√£o humana √© especial. A emo√ß√£o humana n√£o se reduz ao prazer sexual ou ao pavor de r√©pteis. Tem a ver, igualmente, com o horror de testemunhar o sofrimento e com a satisfa√ß√£o de ver cumprida a justi√ßa.

Aprender hist√≥ria quer dizer procurar e encontrar as for√ßas que conduzem √†s causas das a√ß√Ķes do que vemos como acontecimentos hist√≥ricos.

Por mais estranho que isso possa parecer, as pessoas raramente mostram tanto entusiasmo como quando eles est√£o √† procura da prova de uma hist√≥ria fantasma – a alma re√ļne todo o tipo de coisas para o seu seio esfomeado.

Para começar a amar-se, esteja consciente do que sente, sem julgamento nem rejeição. A testemunha silenciosa, ou o Eu superior, é o observador interior, e trazer esta presença à sua fome emocional contribuirá para curar naturalmente esta mágoa. Pode parecer-lhe estranho que o facto de estar consciente sem emitir julgamentos possa curar a sua carência de amor, mas esta consciência é intrinsecamente tolerante, reconfortante e compassiva. Esta aceitação incondicional é realmente o amor que a sua fome emocional procura para se saciar.

Procura considerares-te inexistente e assim, ao contrário do que pensava Nietzsche, nunca serás, com teu interesse e serviço dos outros, um desprezador tirano de ti próprio. Procura realizar-te nos outros, em todos os outros, e só assim serás totalmente vário, como deves, em honra do Espírito que em ti habita.

A escola é um meio para querermos o que não temos. A vida, depois, ensina-nos a termos aquilo que não queremos. Entre a escola e a vida resta-nos sermos verdadeiros e confessar aos mais jovens que nós também não sabemos e que, nós, professores e pais, também estamos à procura de respostas.