Citação de

Deixa o que Seduz a Multid√£o

Se n√≥s nada fizermos sen√£o de acordo com os ditames da raz√£o, tamb√©m nada evitaremos sen√£o de acordo com os ditames da raz√£o. Se quiseres escutar a raz√£o, eis o que ela te dir√°: deixa de uma vez por todas tudo quanto seduz a multid√£o! Deixa a riqueza, deixa os perigos e os fardos de ser rico; deixa os prazeres, do corpo e do esp√≠rito, que s√≥ servem para amolecer as energias; deixa a ambi√ß√£o que n√£o passa de uma coisa artificialmente empolada, in√ļtil, inconsciente, incapaz de reconhecer limites, t√£o interessada em n√£o ter superiores como em evitar at√© os iguais, sempre torturada pela inveja, e uma inveja ainda por cima dupla. V√™ como de facto √© infeliz quem, objecto de inveja ele pr√≥prio, tem inveja por outros.
N√£o est√°s a ver essas casas dos grandes senhores, as suas portas cheias de clientes que se atropelam na entrada? Para l√° entrares, teria de sujeitar-te a in√ļmeras inj√ļrias, mas mais ainda terias de suportar se entrasses. Passa frente √†s escadarias dos ricos senhores, aos seus √°trios suspensos como terra√ßos: se l√° puseres os p√©s ser√° como estares √† beira de uma escarpa, e de uma escarpa prestes a ruir. Dirige ante os teus passos na via da sapi√™ncia, procura os seus dom√≠nios cheios de tranquilidade, mas tamb√©m de horizontes ilimitados. Tudo quanto entre os homens √© tomado como coisa eminente, muito embora de valor reduzido e s√≥ not√°vel em compara√ß√£o com as coisas mais rasteiras, mesmo assim s√≥ √© acess√≠vel atrav√©s de dif√≠ceis e duros atalhos. A via que conduz ao cume da dignidade √© extremamente √°rdua; mas se te dispuseres a trepar at√© estas alturas sobre as quais a fortuna n√£o tem poder, ent√£o poder√°s ver a teus p√©s tudo quanto a opini√£o vulgar considera eminent√≠ssimo, e desse ponto em diante o teu caminho ser√° plano at√© ao supremo bem.