Citação de

A Ira é uma Loucura Breve

Alguns s√°bios afirmaram que a ira √© uma loucura breve; por n√£o se controlar a si mesma, perde a compostura, esquece as suas obriga√ß√Ķes, persegue os seus intentos de forma obstinada e ansiosa, recusa os conselhos da raz√£o, inquieta-se por causas v√£s, incapaz de discernir o que √© justo e verdadeiro, semelhante √†s ru√≠nas que se abatem sobre quem as derruba. Mas, para que percebas que est√£o loucos aqueles que est√£o possu√≠dos pela ira, observa o seu aspecto; na verdade, s√£o claros ind√≠cios de loucura a express√£o ardente e amea√ßadora, a fronte sombria, o semblante feroz, o passo apressado, as m√£os trementes, a mudan√ßa de cor, a respira√ß√£o forte e acelerada, ind√≠cios que est√£o tamb√©m presentes nos homens irados: os olhos incendiam-se e fulminam, a cara cobre-se totalmente de um rubor, por causa do sangue que a ela aflui do cora√ß√£o, os l√°bios tremem, os dentes comprimem-se, os cabelos arrepiam-se e eri√ßam-se, a respira√ß√£o √© ofegante e ruidosa, as articula√ß√Ķes retorcem-se e estalam, entre suspiros e gemidos, irrompem frases praticamente incompreens√≠veis, as m√£os entrechocam-se constantemente, os p√©s batem no ch√£o e todo o corpo se agita amea√ßador, a face fica inchada e deformada, horrenda e assutadora. Ficas sem saber se o que h√° de pior neste v√≠cio √© ele ser detest√°vel ou t√£o disforme.
Os outros v√≠cios podem, pelo menos, esconder-se e desenvolver-se em segredo: a ira revela-se e sobe √† face, e quanto mais intensa mais manifesta se torna. N√£o v√™s como todos os animais, quando se preparam para atacar, denotam alguns sinais, √† medida que abandonam a sua mansid√£o habitual e come√ßam a manifestar a sua ferocidade? Os javalis espumam pela boca e esfregam as suas presas para as agu√ßar; os touros d√£o golpes no ar com os seus cornos e espalham areia batendo com as patas; os le√Ķes rugem; as serpentes incham o seu pesco√ßo; o aspecto dos c√£es enraivecidos √© sinistro: n√£o h√° nenhum animal t√£o horrendo ou t√£o perigoso por natureza, que nele n√£o surjam, quando a ira o invade, sinais pr√≥prios da ferocidade. N√£o ignoro que as outras afec√ß√Ķes, que se podem ocultar, como o desejo, o medo, a aud√°cia, podem tamb√©m dar alguns sinais e ser pressentidas; de facto, qualquer perturba√ß√£o mais intensa modifica algo na nossa express√£o. Ent√£o, qual √© a diferen√ßa? √Č que as outras afec√ß√Ķes s√£o percept√≠veis, a ira √© evidente.